30 outubro 2010

Mãe de UTI... eu fui uma!

Acho q desde o momento em q descobri estar gravida do Dimitri meu maior medo era ficar com as duas crianças doentes. Criança não deveria ficar doente nunca... mas como o q não nos mata nos fortalece, acabei de enfrentar os momentos mais difíceis da minha vida.

Sabrina andava meio gripada, com tosse, cheguei a levar ela pro PS e fiquei tratando dela em casa. Por mais q eu tentasse, era impossivel ela não ficar perto do irmão.

NO sábado dia 16 Dimitri teve febre, 38,8. Eu estava na minha mãe, fiquei nervosa, mas consegui controlar a febre. No dia 17 ele teve novamente e levei ao PS, foi diagnosticado um pouco de catarro no pulmão e mandaram tratar com antibioticos. Qdo voltamos pra casa ele já era outra criança, só chorava, a febre voltou e não baixava e qdo ele cochiclou um minutinho percebi q qdo respirava a barriguinha afundava. Uma vez um médico me disse q isso é sinal de dificuldade pra respirar.

Era mais ou menos 1 da madrugada qdo pegamos um taxi e fomos todos pro PS. Qdo chegamos avaliaram a saturação de oxigenio do Dimi e estava super baixa, ele fez inalação, tirou um RX e passou a madrugada na observação. Pela manhã ele não tinha melhorado nada e ai a médica me deu a noticia, ele seria internado na UTI, estava com bronquiolite.

Andre tinha voltado pra casa com a Sabrina por volta das 3 da madrugada, liguei pra ele com o coração quebrado, avisei tbm meu pai e minha irmã, q em pouco tempo chegaram. Antes de ir para a UTI chamaram a fisioterapeuta e naquele momento eu senti a maior dor q já senti na vida. Eles aspiraram o nariz do Dimitri e meu bb estava tão fraquinho q o chorinho dele saia sem voz. Minha vontade era pegar meu gordinho e sumir dali... mas o meu sofrimento e o dele estavam apenas começando.

Chegamos à UTI por volta das 13:30. Eram bercinhos separados por uma cortina, cada espacinho tinha uma poltrona onde as mães dormiam, ali ficamos por longos 5 dias. Eu saia de perto dele só por uns minutinhos, pra ir ao banheiro, comer... nesse tempo so sai do hospital 2 vezes. André ficava com ele à noite pra eu tomar banho no hospital mesmo. Sabrina acabou indo pra casa da minha irmã.

Não foi dificil explicar a ela o q aconteceu, ela entendeu tudo perfeitamente. Qdo cheguei em casa sem o irmão ela perguntou onde ele estava e qdo falei q estava no hospital ela perguntou se ele ia morrer! Fiquei sem ação, mas respirei fundo e expliquei q não, q ele só iria tomar remdios pra melhorar e voltar pra casa.

No dia 22 ele teve alta pra ir ao quarto. Foi melhorando até não precisar mais de oxigenio mas estava totalmente estressado com o ambiente e eu tbm. Dimitri aprendeu a cuspir a medicação e teve q ser puncionado 3 vezes, mas no total foi furado umas 8 vezes pois não achavam suas veias.

Tivemos alta na quarta feira e em casa eu percebi o estrago q 9 dias de internação causaram ao meu bb. Ele só chorava, não dormia, qdo dormia acordava assustado. Pegou trauma de chupeta e agora q esta aceitando novamente (os enfermeiros davam remedio e colocavam a chupeta, ele associou uma coisa a outra).

Por outro lado, Sabrina estava super carente de mim, só queria colo, o tempo td me abraçando e qdo eu não conseguia dar atenção chegou a ficar até um pouco agressiva. Eu confesso q não sei como consegui passar por td isso, hj meus dois lindos estao bem, Sabrina ja entendeu q eu não vou embora de novo e Dimitri está começando a se acostumar com a antiga rotina.

Antes eu já admirava mulheres q se dedicam a maternidade, hj eu admiro mais ainda aquelas q estão com seus filhos num hospital pois não é nada fácil. Nós ficamos lá só 9 dias, tinha mãe há semanas, até meses vivendo ali, dormindo na poltrona, tomando banho no hospital... essas sim são verdadeiras guerreiras!

3 comentários:

Dani disse...

Rosi, q situaçao dificil..é horrivel ficar no hospital com nossos filhos, na UTI entao, nem imagino..
Mas graças a Deus o Dimi esta bem e tudo esta resolvido.
Como disse p uma amiga "atualmente acho q toda mae é uma santa", incrivel o q as maes sao capazes no quesito doaçao de vida por seus filhos.um abraçao!

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Oieee...passando aqui só para dizer que começou novo SORTEIO DE NATAL.
Divulguem!!!

bjs carinhosos.

www.tatidesignercake.blogspot.com

Samara L. disse...

Bah, que barra! Ainda bem que agora está tudo bem!
Feliz Natal e bom 2011 pra vocês também!!!


up