30 dezembro 2010

E tudo caminha...

E caminha muito bem, obrigada!!!

Nosso Natal foi lindo, pela 1º vez eu tive q fazer uma ceia sozinha, mas dei conta do recado e ficou tudo uma delícia!!! Rolou um chester basico (eu nunca tinha assado nem um frango), arroz com champanhe e amendoas, salada de legumes, salpicão de frango e um delicioso pavê de cerejas! Foi uma ceia pequena pois estávamos somente o pessoal aqui de casa e minha sogra e cunhado... mas tava tão bom! As crianças adoraram os presentes, Sabrina ganhou uma barraca e agora mora sozinha kkkkk.

 
 E depois de quase 2 meses, MINHA CASA TA ARRUMADA!
Entre devolução de produtos, e atraso na montagem com direito a barraco nas Casas Bahia, deu td certo e na noite de Natal minha casinha estava montadinha e arrumadinha e eu feliz da vida! Já to conseguindo seguir minha rotina e nem roupa atrasada pra passar eu tenho kkkk, lavo, seco e ja passo em seguida pra não juntar... e isso não é tarefa fácil qdo se tem 2 crianças arteiras em casa.

E falando em crianças, as minhas estão lindas!!! Sabrina desfraldou, agora faz xixi e coco direitinho no vaso ou no piniquinho, ta super hiper mega power espoleta, não da sossego pro irmão, fala de td incluindo coisas q nem imaginavamos! Já o Dimitri... só mordendo! Dia 24 ele começou a comer sopinha e aceitou super bem! Ta um fofo com 9.050kg e 68cm, super risonho e tagarela, ja senta sozinho e é muito carinhoso. Mama o tempo todo se eu deixar, odeia suco de laranja e toma água no copo!

Ah esqueci de contar, minha sogra esta passando as festas aqui em casa e Sabrina ta encantada com a "nova" vovó! Faz de td pra chamar a atenção e de vez em qdo passa dos limites, mas ta indo bem. Tenho q começar a correr atras de escola pra ela, com a correria de mudança e fim de ano não consegui ver isso ainda.

E daqui a 2 dias chega 2011!!! E eu to ansiosa pois tenho certeza q será um excelente ano pra nós em todos os sentidos afinal, algo precisa compensar 2010 que, tirando o nascimento do meu bb lindo, foi um ano completamente bosta!

Vou parando por aqui, tenho um bolo pra fazer e as crianças ja devem estar pra acordar... milagre de ano novo, são 10:55 e elas ainda estão dormindo \o/

Feliz 2011 pra vcs!!

10 dezembro 2010

O Natal vem vindo, vem vindo o Natal!!!

E eu amoooooooooo o Natal!!!

Tenho tantas boas recordações de Natais e festas de fim de ano... meu 1º beijo foi em uma virada de ano, sabiam?

Lembro qdo eu era pequena, da expectativa pela noite de Natal, pelos presentes, a família reunida, a comilança sem fim... a folia q era qdo minhas primas dormiam em casa e a magia disso td!

Meus pais sempre me fizeram acreditar no Papai Noel, meus presentes sempre apareciam misteriosamente e alguns vinham com cartão assinado pelo bom velhinho. E meus pais nunca tiveram a preocupação de quebrar essa crença, eu fui crescendo e um dia descobri q o Papai Noel era meu pai!!!

Qdo casei fiz questão de montar arvore de natal e qdo a Sabrina nasceu eu a decorei td com laços cor de rosa e estrelas... td bem q ela não deu muita bola, mas hj percebo q ela se encanta com o Natal da mesma forma q eu.
















E esse é o 1º Natal do Dimitri!! O garoto fica encantado com as luzes e as cores, acho q vai ser mais um apaixonado pelo Natal!



E eu desejo a todos q este Natal seja mágico de todas as formas possíveis, cheio de gostosuras e q Papai Noel traga os presentes q vcs mais desejam!!

Feliz Natal!!

19 novembro 2010

Cha cha changeeees!!!!

Aproveitando minha net recém instalada e um momento milagroso onde as duas crias ainda dormem, passei pra atualizar!!!

Depois dos dias de UTI, tive outro susto, dessa vez com a Sabrina. Ficou com febre super alta, levei ao PS e atraves de um exame de sangue deu uma infecção, até coleta de liquor da espinha pra descartar meningite ela fez e graças a Deus todos exames deram negativo... não descobriram a causa e ela entrou no antibiotico. teve febre até a data limite e depois melhorou. Eu nunca pedi tanto pra Deus pra cuidar dos meus filhos, acho até q vou mandar benzer, eu hein!

Na mesma semana q Sabrina ficou mal, demos entrada nos papéis pra alugar a casa e deu tudo tão certo q eu tive certeza de q Deus tava olhando por nós e q era essa a coisa certa a acontecer. Apesar da correria pra achar alguém pra fazer a mudança em cima da hora, pois o q a gente tinha chamado quebrou o pé e nos avisou um dia antes da mudança, foi td tranquilo. Sabrina ta encantada com a casa nova, tanto q nem quer mais ir na casa da avó rsrsrs.

Estamos bem felizes, apesar da bagunça... parece q minhas caixas dão cria, eu arrumo uma surgem mais 3, mas com o tempo td vai se ajeitando.

André tbm começou no emprego novo e ta adorando e eu fico muito feliz por ele pois ele merecia alguma satisfação profissional e acho q esta agora no lugar certo pra ter algum reconhecimento.

Semana q vem vou sair pra visitar algumas escolas pra Sabrina. Ter ela em casa o dia td tem sido dificil pois não consigo dar a atenção q ela precisa, corro o tempo td entre casa, Dimitri e ela e sei q ela ta numa fase mais carente... talvez domingo eu sequestre ela e leve pra um passeio só de garotas.

A cria 2 acordou, depois volto pra contar mais novidades

30 outubro 2010

Mãe de UTI... eu fui uma!

Acho q desde o momento em q descobri estar gravida do Dimitri meu maior medo era ficar com as duas crianças doentes. Criança não deveria ficar doente nunca... mas como o q não nos mata nos fortalece, acabei de enfrentar os momentos mais difíceis da minha vida.

Sabrina andava meio gripada, com tosse, cheguei a levar ela pro PS e fiquei tratando dela em casa. Por mais q eu tentasse, era impossivel ela não ficar perto do irmão.

NO sábado dia 16 Dimitri teve febre, 38,8. Eu estava na minha mãe, fiquei nervosa, mas consegui controlar a febre. No dia 17 ele teve novamente e levei ao PS, foi diagnosticado um pouco de catarro no pulmão e mandaram tratar com antibioticos. Qdo voltamos pra casa ele já era outra criança, só chorava, a febre voltou e não baixava e qdo ele cochiclou um minutinho percebi q qdo respirava a barriguinha afundava. Uma vez um médico me disse q isso é sinal de dificuldade pra respirar.

Era mais ou menos 1 da madrugada qdo pegamos um taxi e fomos todos pro PS. Qdo chegamos avaliaram a saturação de oxigenio do Dimi e estava super baixa, ele fez inalação, tirou um RX e passou a madrugada na observação. Pela manhã ele não tinha melhorado nada e ai a médica me deu a noticia, ele seria internado na UTI, estava com bronquiolite.

Andre tinha voltado pra casa com a Sabrina por volta das 3 da madrugada, liguei pra ele com o coração quebrado, avisei tbm meu pai e minha irmã, q em pouco tempo chegaram. Antes de ir para a UTI chamaram a fisioterapeuta e naquele momento eu senti a maior dor q já senti na vida. Eles aspiraram o nariz do Dimitri e meu bb estava tão fraquinho q o chorinho dele saia sem voz. Minha vontade era pegar meu gordinho e sumir dali... mas o meu sofrimento e o dele estavam apenas começando.

Chegamos à UTI por volta das 13:30. Eram bercinhos separados por uma cortina, cada espacinho tinha uma poltrona onde as mães dormiam, ali ficamos por longos 5 dias. Eu saia de perto dele só por uns minutinhos, pra ir ao banheiro, comer... nesse tempo so sai do hospital 2 vezes. André ficava com ele à noite pra eu tomar banho no hospital mesmo. Sabrina acabou indo pra casa da minha irmã.

Não foi dificil explicar a ela o q aconteceu, ela entendeu tudo perfeitamente. Qdo cheguei em casa sem o irmão ela perguntou onde ele estava e qdo falei q estava no hospital ela perguntou se ele ia morrer! Fiquei sem ação, mas respirei fundo e expliquei q não, q ele só iria tomar remdios pra melhorar e voltar pra casa.

No dia 22 ele teve alta pra ir ao quarto. Foi melhorando até não precisar mais de oxigenio mas estava totalmente estressado com o ambiente e eu tbm. Dimitri aprendeu a cuspir a medicação e teve q ser puncionado 3 vezes, mas no total foi furado umas 8 vezes pois não achavam suas veias.

Tivemos alta na quarta feira e em casa eu percebi o estrago q 9 dias de internação causaram ao meu bb. Ele só chorava, não dormia, qdo dormia acordava assustado. Pegou trauma de chupeta e agora q esta aceitando novamente (os enfermeiros davam remedio e colocavam a chupeta, ele associou uma coisa a outra).

Por outro lado, Sabrina estava super carente de mim, só queria colo, o tempo td me abraçando e qdo eu não conseguia dar atenção chegou a ficar até um pouco agressiva. Eu confesso q não sei como consegui passar por td isso, hj meus dois lindos estao bem, Sabrina ja entendeu q eu não vou embora de novo e Dimitri está começando a se acostumar com a antiga rotina.

Antes eu já admirava mulheres q se dedicam a maternidade, hj eu admiro mais ainda aquelas q estão com seus filhos num hospital pois não é nada fácil. Nós ficamos lá só 9 dias, tinha mãe há semanas, até meses vivendo ali, dormindo na poltrona, tomando banho no hospital... essas sim são verdadeiras guerreiras!

07 outubro 2010

Promoção deliciosa!

Bom, pra quem não sabe, eu sou festeira... AMO organizar festas!

E nas minhas andanças festivas virtuais conheci o blog da Tatiana Bonotto... acreditem é de babar!!! E ele ta com uma promoção mega power deliciosa!!!

Ela vai sortear:
5 Cake pops (bolo no palito)
5 Biscoitos decorados com glacê real.
5 Biscochocos recheados (doce de leite)
5 Trufas no palitos (ao leite)
5 Mini Cupcakes de brigadeiros
5 Mini pães de mel

Babou né?
Então visite http://tatidesignercake.blogspot.com e participe!!

30 setembro 2010

Dia das crianças

Qdo eu era pequena o dia das crianças era pra mim como um 2º natal! E até melhor pois eu sabia q ganharia um brinquedo! Esperava ansiosa, às vezes ia junto comprar, às vezes recebia de surpresa, mas sempre ganhei alguma coisinha, era uma das 3 datas do ano em q se ganhava presente naquela época.

Tenho tantas boas recordações sobre isso... quero q meus filhos tbm só tem lembranças boas dessa data!

Esses dias perguntei pra Sabrina se ela já tinha escolhido o presente dela, de pronto ela respondeu "Quero 2 livros mamãe!"... sabe como é filha de nerd... mas como livro ela sempre ganha e nem precisa de data especial, expliquei pra ela q o dia das crianças é um dia especial onde ela ganha um brinquedo e que podia escolher algo.
A resposta dela foi, no mínimo, engraçada!

"Quero q Papai Noel traga a minha festa!"



Como assim cara pálida??? Festa? A menina é festeira igual a mãe!

Novamente, com toda psicologia do mundo expliquei q o Papai Noel ia trazer sim um presente pra ela mas ia demorar um pouco e q a festa de aniversário dela ia demorar mais ainda, mas q ela podia escolher um presente de dia das crianças. Ela me olhou toda feliz, deu um sorrisão e soltou "Então quero um presente rosa!"

Ok, pensando pelo lado bom, ela não é nada consumista e td bem q troca fácil um brinquedo por um livro, mas eu queria taaaanto q ela escolhesse um presentinho... a solução será levarmos ela na loja pra escolher e vamos fazer isso sábado agora, se der pra entrar na loja rsrsrs. Vamos atras de um presente rosa uai!

E como o q é de raça se alastra, como diz minha mãe, Sabrina tbm acha supermercado um lugar fascinante... talvez pq seja esse o passeio q ela mais faz rsrsrs.

Ontem depois da janta André estava arrumando cozinha, colocando os cães pra dentro e tra lá lá qdo Sabrina pegou na minha mão e me puxou "Vem mamãe, vamos no micardo!"

Confesso q demorei a entender o q era micardo, fiquei em dúvida se ela queria dizer "meu quarto" ou outra coisa... fui com ela e ela falando "Vamos comprar pepino, tomate e papá!"

Momentos sublimes esses, q compensam todos os outros em q ela é uma pestinha... mas faz parte de ser criança!

Feliz dia das crianças pra todos!!!

13 setembro 2010

Ahn? Qdo? Onde? Como?

Nossa, e não é q eu consegui passar aqui?

Sei q deve ser alguma falta de organização da minha parte, mas eu confesso q algo me bloqueia, não consigo mais fazer as coisas q fazia antes,  me perco pra cuidar das crianças e fazer minhas outras obrigações, meu dia não rende, eu não durmo e vivo podre!

Lembro q antes da minha mudança pra casa da minha irmã eu sempre caprichava nas refeições, fazia td tão gostoso, hj em dia cozinho pra não matar a familia de fome. Minhas roupas sempre em ordem, eu tinha minha rotina pra td, tinha dia certo pra lavar e passar... agora eu mal sei qual é a roupa suja e qual é a limpa.

Acho q sinto falta de ser dona de casa, mas da minha casa, com minhas coisas, do meu jeito, com minhas regras, me sinto meio q num limbo, meio sem teto, sei lá como explicar... mas espero q confio q em breve vou retomar minha vidinha medíocre mas feliz de antes.

Hj em dia me sinto 80% mãe, 10% mulher, 5% dona de casa, 5% filha e 0% eu... preciso melhorar essas porcentagens...

Meus 80% mãe estão realizados, meus filhos são as coisas mais lindas do universo, Sabrina ta terrível, uma pestinha, ela praticamente vive de castigo rsrsrs. Dimitri é o meu bolinho, tão fofo q da vontade mesmo de engolir ele, conversador q só, sorri o tempo todo e troca qualquer coisa por um colo e uma teta!

 Os 10% mulher é melhor nem comentar... eu não sou nada e nem ninguém qdo não descanso durante o sono e como a unica pessoa q tenho por perto é o meu marido, o coitado paga o pato de todas as formas... mas eu agradeço a Deus por ter ele na minha vida, sei q ele me ama incondicionalmente e q ele sabe q essa fase passa e ele será recompensado rsrsr

Eu praticamente deixei de existir pra mim, não consigo fazer nada pra mim, só pra mim, por puro desejo e vontade, tudo q faço ou penso é pro André ou pras crianças, ou pra qualquer outra pessoa q peça um favor.

Faz mais ou menos uns 2 anos q eu tava louca pra comprar um óleo Séve da Natura e td vez q eu ia comprar pensava "Sabrina precisa de um tenis, depois eu compro o óleo" ou então "As camisas do André estão velhas, depois eu compro o óleo", "Preciso levar as crianças pra passear, depois eu compro o óleo" ... e foi assim ate q eu descobri um lugar q vendia o tal óleo com muito desconto e acabei comprando, claro q depois me arrependi pq provavelmente alguem podia precisar de alguma coisa e eu tinha comprado a merda do óleo.

Ok, ok, sei q não to numa fase boa, mas vai melhorar, pq eu acredito nisso e to me empenhando pra isso. Eu nem deveria reclamar de nada pq eu tenho a vida q eu quis, casada, cuidando dos filhos... ainda falta conquistar muitas coisas, mas agora q ja me realizei como mãe as outras coisas virão afinal, meus 80% mãe me empurram a correr atras de td que quero pra minha familia... eu me resolvo comigo mais tarde :)

28 julho 2010

Lei contra palmada?

Só rindo!!!

Engraçado como os políticos não tem visão periférica, eles enxergam com cabresto e tentam fazer bonito criando uma lei sem o menor sentido!!!

Calma, calma, não estou dizendo q apoio a palmada, o tapinha ou qualquer outra forma de agressão física, não apoio nenhum tipo de violência contra criança, nem animal, mas confesso q daria uns bofetes em gente burra como a pessoa q propôs essa lei.

Hj estava vendo uma discussão sobre isso no programa da Ana Maria, entrevistaram diversas pessoas nas ruas pedindo opinião sobre a lei. Deu pra perceber claramente q as pessoas q apoiam a palmadinha educativa são o pedreiro, o cozinheiro, a doméstica, o gari... todos aqueles q a gente percebe nitidamente q tem uma condição social menor, q provavelmente não tiveram tanta instrução e q com certeza foram criados levando palmadas e sendo agredidos de outras maneiras.
 
Dar uma palmada é só a ponta de um iceberg, nesse quesito o buraco é bem mais embaixo!

Pra se decretar uma lei q proíbe os pais de darem palmadas nos filhos antes deveria ser criada a lei onde toda mãe tivesse algum tipo de apoio emocional desde a gestação, com exercícios pra manter a calma e técnicas para educar o filho e isso seria um investimento à longo prazo pois estaria se plantando uma nova cultura, da educação sem agressão!

Imagina uma mãe com uma criança de 2 anos q toca o terror e um bebe pequeno pra cuidar, ela ainda tem q cuidar da casa, comida, marido e ainda tem q tentar se manter mulher e preservar o mínimo de cuidados próprios. É preciso muita concentração e força de vontade pra não dar um tapa num filho q ta ali gritando, subindo na geladeira, batendo no irmão e fazendo um inferno em casa! Acredito q a maioria das mães q dão um tapa no filho não seja uma agressora, ela é simplesmente um ser humano, limitado e imperfeito e que perde a razão de vez em qdo! Vendo por outro angulo, essa mãe tbm não está sendo agredida de certa forma? Que apoio emocional ela tem?

Antes de se criar uma lei proibindo os pais de bater nos filhos, deveria ser aprovada a lei q deixa a mãe mais tempo com os filhos qdo eles nascem, deveria ser criado um programa melhor de controle de natalidade, deveria ter uma lei proibindo as pessoas de passarem fome, deveria existir uma melhor distribuição de renda, as escolas deveriam ter um programa educativo melhor, toda violência deveria ser erradicada... enfim, deveria se mudar muitas coisas pra q uma lei assim pudesse ser aprovada e cumprida com sucesso.

Até q a visão periférica de quem tem o poder passe a funcionar e eles consigam olhar em volta e perceber q a palmadinha educativa é o menor dos problemas, uma lei assim não passa de utopia!

26 julho 2010

22 julho 2010

E o 1º mês não passou, voou!

Pois é!!

O 1º mês como mãe de dois voou e eu nem vi!
Depois das adaptações iniciais, das dores, das mijadas na cara, posso dizer q sobrevivemos!

Dimitri é totalmente diferente da Sabrina. Ela sempre foi um bb calmo, nunca chorava, depois q aprendeu a mamar nunca me deu trabalho com isso, teve cólica apenas 2 vezes e claro, ela não tinha pipi rosa com mira a laser. Meu menininho é super manhoso, adora um colo e anda sofrendo com as malditas cólicas. Mama como um bezerrinho mas é um stress total pra dar mamá pois ele fica bravo, balançando a cabeça e não pega o peito, mas qdo pega suga até minha alma!

Já dona Sabrina ta terrivel! A garota fala tudo q se pode imaginar, agora deu pra me chamar de "Senhola mamãe", nem sei de onde tirou isso, e tbm diz "Eu te amo vc" o tempo todo. Outro dia ela tava num clima de amor geral, disse q amava a mamãe, o papai, o nene e até o Chico, q é o jardineiro rsrsrsrsr

Ah sim, não poderia deixar de falar aqui sobre o desfralde... ahhhh o maldito desfralde!
Já a algum tempo Sabrina fala qdo faz xixi e coco, como ela andava arrancando a fralda resolvi desfraldar logo.

Parece q entre a boca e a peleleca não tem nada no caminho, a garota toma uma gota de água e imediatamente já faz xixi! No primeiro dia tive q trocar ela 3 vezes, no segundo dia e hj, q é o terceiro, foram duas trocas. Ela às vezes esquece q tem q ir ao "piquinininho" (ela chama o piniquinho assim) e se molha toda. Cocô ela ainda não fez no pinico, fez uma vez na fralda e duas na calcinha e eu confesso q o primeiro cocô na calcinha foi com calcinha e td pro lixo rsrsrs... haja estoque! Mas ela ta se saindo bem!

Ficar sozinha com os dois tem sido uma experiencia, no mínimo, enlouquecedora! Eu faço comida com o Dimitri no sling mamando, ponho roupa pra lavar e secar com Dimitri no sling mamando, faço xixi e cocô com o Dimitri no sling mamando! Nunca vão poder me acusar de ser uma mãe distante!

E o menino é manipulador, toda vez q eu vou tentar ficar um pouco com a Sabrina ele desata a chorar, tem horas q eu deixo chorar um pouco pq não é justo com a Sabrina, tenho q ter jogo de cintura pra conseguir atender os dois. Essa semana teve dois dias em q eu me virei nos 30 aqui, dei banho nos dois sozinha, dei janta , troquei... td pq André chegou um pouco mais tarde coitado, trabalha o dia td e qdo chega em casa trabalha mais um pouco, mas fazer o q, vida de pai é assim!

Apesar de estar levemente pirada, tenho q confessar q a cada dia eu amo mais e mais e mais ainda minha familinha, meus filhotes lindos e louros ( eum com possiveis olhos azuis hehe) e meu marido pau pra td obra.

Essa semana tbm tive uma visitinha q me fez um bem enoooorme, minha amiga Samara veio do RS e passou aqui pra conhecer as crias, passamos uma tarde deliciosa falando de coisas q a gente adora: dança cigana e dança do ventre. Me deu uma saudade tão grande de dançar, lembrei como isso me libertava qdo eu tava mau. Juro q se eu tivesse condições voltava pra dança, acho q foi a melhor coisa q já fiz por mim mesma.

E era isso... agora a Rafaela pode parar de me cobrar atualizações kkkkk

12 julho 2010

E minha nova rotina começou!

André voltou de férias hj... eu acordei por volta das 7h e senti um vazio tão grande,me senti tão sozinha... confesso q ficar sozinha com minhas duas crianças e ainda ter q cumprir minhas obrigações de casa está me apavorando um pouco.

Não q eu não dê conta, mas aqui não consigo centralizar nada, tudo é longe, não consigo por exemplo fazer comida e deixar Sabrina vendo TV, pq a cozinha é longe da sala e eu não vejo o q ela ta fazendo.

Mas, lamentações à parte, resolvemos aproveitar o último final de semana de férias pra passear.

Sábado cedo slingamos as crianças e lá fomos nós encarar uma viagem pra ZL. Passamos no Shopping Tatuapé pra ver se conseguiamos trocar os celulares, não deu certo. Saimos de lá e fomos pro Shopping Anália Franco.
Comprei umas roupinhas, almoçamos, demos uma volta e fomos pra casa da minha irmã comemorar o niver do meu cunhado.

Domingo acordamos sem planos, mas tava um dia tão lindo q resolvemos ir na feirinha da Benedito Calixto.
Depois de esperar o bus por um tempão e ele não passar, pegamos um taxi... e como alegria de pobre é inexistente, não tinha feirinha!!! Ai q ódiooooo, tivemos q ir pra Paulista pra não perder a viagem.

E pra falar a verdade, foi bem gostoso.
Nós sempre adoramos andar pela Paulista aos domingos, ver aquele povo alternativo, as coisas legais das feirinhas de artesanato.

Uma das coisas q eu mais adoro em morar na ZO é q fica perto pra irmos na Paulista, duas estações de metro e estamos lá, diversão garantida a módicos 2,70!!

Pra quem não conhece ou nunca foi, ir na Av. Paulista em pleno domingo é uma viagem, vc vê gente diferente, cabelos estranhos, nerds passeando, gays namorando, mas td de uma forma tão sutil e normal q nada causa choque!

Nosso passeio preferido é ir na feirinha do center 3, tomar um drink de café no Café do Ponto, depois ir andando até o Trianon, ver as banquinhas, passar nos barzinhos e geralmente nossa ultima parada é na FNAC, onde passamos horas
vendo livros, revistas... praticamente nosso ponto de encontro rsrrs

E o mais legal é q Sabrina adora esse passeio! Filha de nerd... sabe como é!

Ahhhh, preciso contar isso!
André aderiu ao sling! Agora andamos os dois slingados pra cima e pra baixo! Claro q o povo para pra ficar olhando, teve até gente tirando foto nossa rsrsrs

Depois de passear bastante, já exaustos, finalizamos o passeio qdo achei o shampoo + creme de tratamento + creme para pentear da Elseve q eu tanto queria!! E o melhor, em promoção!!

Voltamos pra casa e fomos direto pra cama!

E hj tive retorno na minha GO. Definitivamente, sou apaixonada por ela, ela é um amor, me trata tão bem, conversa, explica... vou sentir saudade de vê-la td mês!

E assim vamos nós, vivendo la vida loca rsrrsrs

08 julho 2010

Sobre amizade...

Uma grande amiga minha colocou a seguinte frase de Aristóteles no msn dela:

"A amizade é uma alma com dois corpos!"

Não sei pq, mas essa frase me fez parar pra pensar nas amizades q tenho, q já tive e nas q ainda terei... e cheguei a conclusão q a frase está mais do que correta!

Eu prezo muito minhas amizades, tenho amigos de longa data e que sei q levarei pra vida toda, outros sei q são passageiros, alguns eu jurava q seriam pra vida toda e simplesmente me excluiram de suas vidas.

Cada um dos meus amigos tem qualidades q eu admiro, todos tem lá seus defeitos, alguns eu fico meses sem conversar, outros falo quase diariamente e mesmo com tantas diferenças, AMO TODOS!!!

Não tenho um círculo grande de amigos e isso pra mim não é problema pois prefiro amizades de qualidade do que em quantidade.

Pra ser meu amigo a pessoa tem q saber algumas coisas:

- Se conquistar minha confiança a terá para sempre, a menos q consiga quebrar isso, nesse caso eu nunca mais vou confiar
- Eu posso não concordar e não apoiar algumas atitudes mas isso não quer dizer q sou menos amiga, pelo contrário, uma amizade verdadeira tem q sobreviver com as diferenças
- Eu não sou possessiva com meus amigos e odeio q sejam comigo. Adoro qdo amigos meus se tornam amigos tbm! (E se eles namoram ou casam e tem filhos e me chamam pra madrinha eu Adoro mais ainda rsrsrsr)
- Não sou de ficar ligando, deixando msgs em orkut, mandando e-mails... mas isso não quer dizer q eu não me importo.
- Não gosto de cobranças. Se eu não comentei a foto do cachorrinho de chapéu ou não contei q pintei a unha do pé de vermelho é pq não tive vontade e espero não ser cobrada por isso. Nem sempre tenho vontade de contar tudo para todos e espero q entendam isso.

Acho q amigos de alma, como da frase, tenho apenas uns 3 ou 4, pessoas q conheço, q fazem parte da minha vida, compartilham minha felicidade e minha tristeza, q estão por perto sempre q preciso... espero ter essas pessoas sempre em minha vida pois acredito q sem elas, faltaria um pedacinho de mim...

03 julho 2010

Fui a mamãe da semana no blog "Mamães Na itália"

E olha q nem moro lá rsrsrs

Quem quiser ver minha entrevista, clica aqui

A fase em q toda menina é princesa

Descobri recentemente q Sabrina entrou na fase "conto de fada"... ela anda encantada com príncipes e princesas, bruxas e fadas, já entendeu q o príncipe encantado é q traz o "feliz para sempre" para a princesa... no momento o principe dela é o irmão!

É engraçado isso, ela está em uma idade onde tudo é magico e nós, os pais, diante disso temos duas opções: incentivar ou não!

E como bons pais nerds (ok, eu assumo a nerdisse) ver nossa filha vivendo nesse mundo mágico só nos traz orgulho! Ela terá muito tempo pra viver a realidade então, deixa ela curtir os poucos anos em q os sapos realmente se tornam príncipes, deixa a imaginação dela correr solta entre dragões, fadas e lobos maus! Agora ela pode ser o q quiser sem se preocupar com o q os outros vão falar e eu quero q ela seja assim a vida toda, quero q sempre se sinta uma princesa!

Com td isso ela tem aprendido a discernir o q é bom ou mau, feliz e triste, bonito e feio. Minha filhota é na verdade uma esponja, ela absorve td, presta atenção em td e por isso tomamos muito cuidado com o q falamos perto dela pq mais cedo ou mais tarde ela vai repetir!

O conto preferido dela é o mesmo q o meu, A Bela e a Fera!
E, na minha opinião, é um excelente conto! A Bela não é uma princesinha indefesa e tolinha q espera na torre alguém salvá-la, pelo contrario, é determinada, tem sonhos palpáveis, sabe o q quer, é corajosa e desprendida de preconceitos, consegue enxergar além do q vê e assim realiza tds seus sonhos! Quero q a Sabrina seja como a Bela! Sem contar q a Fera qdo se transforma em príncipe, fica lindão rsrsrs.

E assim minha princesinha vai crescendo... e eu só fico aqui babando!

26 junho 2010

O tal baby blues...

De acordo com o google:

"A forma mais branda da depressão pós-parto é conhecida como baby blues, ou melancolia do pós-parto.
Surge, na maioria das vezes, até o quarto dia do nascimento do bebê e dura até no máximo uma semana, tendo sintomas parecidos com os da depressão pós-parto."

Pois é... infelizmente eu me deparei novamente com isso!

Qdo tive a Sabrina fiquei uns 10 dias com baby blues, ficava triste, chorei a primeira noite dela em casa todinha, não tinha animo pra nada, mas passou logo.

Dessa vez a coisa parece um pouquinho pior. Começou um dia após chegar em casa e até hj não passou! Tem dias q não quero abrir o olho e sair da cama pra mim é uma tortura, em outros eu até me sinto bem, mas coisas futeis me fazem chorar e me deixam péssima.

O mais estranho de td é q as pessoas não entendem bem o q é isso, algumas acham q é frescura, outras tentam mostrar q minha vida é linda e não tenho motivos pra ficar assim mas a verdade é q é algo fora do meu controle! Ninguém fica depressivo pq quer e no meu caso, acredito q é tudo culpa dos meus hormonios q estao se ajeitando. É dificil se abrir e falar com alguem sobre isso, poucas pessoas conseguem entender e eu tive a sorte de ter um marido bem observador, ele percebeu o q tava acontecendo e não falou nada, apenas ficou do meu lado o tempo td e me deu uma dose cavalar de carinhos e atenção.

Eu sei q vou sair dessa, na verdade eu tenho q sair pois tenho duas crianças em casa pra cuidar e elas precisam muito de uma mãe com boa saúde fisica e mental!

Só espero q essa onda de tristeza passe logo...

24 junho 2010

Relato do nascimento do Dimitri


O dia 14/06/2010 começou como todos os meus últimos dias
Tinha passado a noite anterior em claro, com muita dor de cabeça e ao medir minha pressão tive uma surpresa, estava 16 x 9 e não baixava.
Minha consulta estava marcada para 11:40, era minha ultima consulta onde iríamos marcar a data do parto.
Entrei e avisei a medica sobre minha pressão, ela viu meus exames, meu US e mediu minha pressão, qdo voltamos pra sala ela já me avisou q faria o parto naquele dia.
Confesso q não fiquei surpresa, meio q já esperava por isso e na hora me arrependi de não ter depilado minha perna... novamente fui mandada do consultório direto pra maternidade, com perna cabeluda, unha de tatu e o cabelo do Hagrid.
Avisei  a todos q meu Dimitri nasceria naquela noite, marcamos o parto pras 22h. Sai do consultório, almocei numa padaria com meu pai... e como ainda grávida, precisei ir ao banheiro... pedi a chave no caixa e o cara me entregou um toco de cabo de vassoura com uma chave pendurada... o banheiro ficava 3 estabelecimentos depois, mas não tive coragem de usar, devolvi o toco, almocei e lá fui eu pra Pró Matre me internar
Meu pai foi pra casa, André já tinha buscado a Sabrina na escola e estava em casa arrumando as coisas.
Fiquei sozinha no quarto até q minha amiga querida, a Thai, chegou pra passar o dia comigo. Mais pro fim da tarde chegaram meu pai, minha mãe, André, Sabrina e minha irmã com meu cunhado.
Eu não estava nervosa, já tinha tido meu momento de pânico naquele dia qdo de uma só vez, a enfermeira da Gilette veio me depilar (confesso q quase pedi pra ela estender o trabalho e depilar minhas pernas tbm), outra veio por o soro e outra tirar sangue e me deixaram lá, raspada, furada e pelada...

Por volta das 21h vieram me buscar pra levar pra sala de parto e ai foi aquela sucessão de acontecimentos: iodo gelado descendo pelas costas e fazendo arrepiar até os cabelinhos do dedão do pé, agulhada nas costas, dormência na perna... dali a pouco André entrou na sala, feliz q nem um ganhador da mega sena acumulada, senti aquele cheiro horrível de galinha queimada e começou a carnificina!
Minha cicatrização da cesárea anterior estava péssima, demorou o dobro do tempo pra médica conseguir abrir td, Dimitri estava alto e deu muito trabalho pra tirá-lo de lá. Eu me sentia a bacia de uma batedeira de tanto q mexeram dentro de mim e de repente André grita “Eu to vendo um monte de cabelo!!” e ai aquele choro forte, meu e do Dimitri!
Meu garoto nasceu perfeito, lindo e berrando às 22:19, com 3,740kg e 49cm! Teve apgar 9 – 10!

Minha médica na hora disse q ele parecia comigo, mas a verdade veio à tona 5 minutos depois qdo mostraram ele pra mim! Parecia q eu tinha  acabado de re-parir a Sabrina! Dimitri era IDENTICO a ela, só tinha a mais o pipi!
Limparam meu BB e o trouxeram pra mim, lindo!!! Eu me apaixonei mais ainda por ele e agradeci tanto a Deus por me dar essa benção e esse privilegio de ser mãe outra vez!
André em seguida o levou pra conhecer a família, já q eu não dei sorte de conseguir a sala de parto onde a família pode assistir. Me costuraram e fiquei ali, meio dormindo, meio acordada.
Qdo voltei pro quarto eram 2 da madrugada. A primeira coisa q fiz foi ligar no berçário pois estava doida pra pegar meu gordinho e ai tive a noticia... Dimitri estava na UTI por um desconforto respiratório!
Eu fiquei tão triste, não consegui mais dormir, cada vez q a enfermeira entrava no quarto eu pedia pra tomar banho pra ir ver meu filho.
Às 8 da manhã veio a enfermeira tirar minha sonda, eu nem pensei muito, já levantei, tomei banho e antes q ela conseguisse falar alguma coisa eu já tava lá na porta da UTI. Qdo entrei e vi meu gordinho na incubadora, com uma sonda na boquinha e soro na mãozinha eu senti uma dor tão enorme, parecia q tinham decepado minha mão... só senti dor maior qdo a enfermeira pegou ele e deu NAN num copinho. Eu fiquei estática vendo aquilo, não acreditando q estavam dando LA artificial pro meu BB se eu tinha colostro desde o 4º mês e meu peito tava cheio!
Sai dali por volta das 10, pra pegar meu marido pra ir vê-lo, meu coração despedaçado. Voltamos, e um pediatra muito fofo veio falar com a gente, me acalmou, disse q ele estava bem e q eu poderia voltar ao meio dia pra amamentar!
Ao meio dia em ponto eu estava lá, pronta pra dar um pouco de mim pro meu filho melhorar e vir logo ficar comigo. Ele não pegou o peito, eu insisti, ele pegou um pouquinho. Ao sair vi novamente a enfermeira com seu copinho maldito.
Voltei às 15 pra amamentar, decidida a proibir de darem LA pro meu gordinho.  Sentei e ele abocanhou o peito, sugou, sugou e eu quase explodo de felicidade!Ao sair dali perguntei pra enfermeira se eu podia falar com a pediatra e ela disse q só após as 16, voltei e perguntei se meu BB tava bem, ela disse q sim e q ia liberar ele da UTI pra observação e depois mandar pro quarto. Ai eu disse q não queria q dessem o complemento pois ele já estava mamando no peito, a médica acatou sem problemas, mas a enfermeira fez cara de cú.
Às 18h voltei pra amamentar e o garoto não queria saber de mamar, ai descobri q tinham enchido ele de NAN! Nossa, fiquei louca!
Questionei a enfermeira e ela respondeu q não podia deixar os BBS com fome, retruquei o pq delas não me chamarem pra amamentar e ela veio com uns papos e q ele teve hipoglicemia... OPA! Ninguém me falou isso! Onde estava o exame? E outra, se o colostro é basicamente água e açúcar, pra q o LA? Ao perceber q eu tinha um mínimo de conhecimento ela partiu pra ameaça, disse q se suspendesse o complemento e a glicemia dele caísse, ele voltaria pro soro!
Eu fiquei tão decepcionada, tinha a maternidade em alto conceito mas me senti agredida! Falei q eu voltaria pra amamentar dali a 3 horas e q não era pra dar complemento.
Voltei às 21h, às 0h, às 3, 6, 9 e meio dia! Meu menino mamou muito e eu nem liguei pra cara de fezes das enfermeirinhas acomodadas! Na mamada do meio dia o pediatra fofo veio falar comigo e me deu alta pro meu gordinho!!! 
À tarde ele veio pro quarto e passou o dia comigo e eu voltei a ter aquela sensação boa de q meu filho era meu de novo, q teria todos os meus cuidados.
Sabrina veio conhecer o irmão e ficou apaixonada por ele, todos ficaram
No dia 18 tivemos alta e desde então a vida tem sido peito e fralda! Dimitri é um amor de BB, dorme muito, quase não chora. Sabrina não teve ciúme, mas infelizmente o baby blues me atacou...

23 maio 2010

35 semanas...

Parece q foi ontem q falei pro Andre q achava q estava grávida e ele disse q era coisa da minha cabeça rsrsrsr.

A coisa da minha cabeça está crescendo super bem, mexe tanto, mas tanto q minha barriga chega a ficar com uns roxinhos rsrsr

Eu não vi essa gestação passar, se disser q eu curti vou estar mentindo... segundo filho realmente só se lasca kkkkkkk. Mas amo tanto esse bochechudo (sei q é pq vi no ultrasom) e sabendo q ele pode estar no meu colo daqui uma semana me dá até um frio na barriga!

Hj acordei com uma contração. Foi a 3º q senti e foi bem dolorida, mas não houve nenhuma depois dela então nem me preocupei. Não fiz plano algum pro parto, não sei se será normal ou cesárea, mas não sei pq, lá no fundo, to achando q será normal e de repente tipo, no meio da madrugada rsrsr.

Por via das dúvidas, estamos de malas prontas, lembrancinhas prontas, arranjo de porta pronto rsrsrsrs.... só falta mesmo uns docinhos q vou oferecer pras visitas na maternidade, mas já estão encaminhados.

E como o tempo não pára, daqui a 2 semanas minha pequena completa 2 anos!
Poxa, ela nasceu ontem! Devia estar completando 2 dias rsrsrs... e, corujices a parte, Sabrina tá linda, esperta, faladeira, repete td, tem idéias próprias, nos surpreende cada dia mais. Acho q será uma excelente irmã mais velha!

Agora ela ta super empolgada com a "festa" de aniversário!

Tadinha, mal sabe ela q tivemos q cancelar os planos de festa e vamos fazer só um bolinho mesmo, em casa, pros parentes e só. Eu amo organizar festas mas estou sem condições no momento, mal aguento andar... ainda assim ela terá duas festinhas, na escola e em casa!

Essas últimas semanas são as piores, queria dormir e acordar com meu pequeno no colo...

08 maio 2010

Bye Bye vidinha soturna

Sabe aqueles dias em q vc não ta com o menor saco pra futilidades e problemas alheios? Pois bem, ando numa fase assim.

Acho q a gestação tá me cansando física e mentalmente e eu ando sem a menor paciência pra nada e ai, tento ficar quieta no meu canto pq viro uma carroça, saio dando patada e o pior de tudo, não me arrependo depois!

Vou andar com uma placa "Keep out, mode horse on" .

O pior é q algumas pessoas não entendem q vc não ta a fim e ficam pressionando, pressionando... minha vontade é ficar o dia td deitada no escuro vendo filmes idiotas sem ter q resolver nada nem falar com ninguém, mas como não consigo me esforço pra tentar não matar ninguém e agentar meu próprio mau humor ate q ele passe.

Falta um mes pro meu bb nascer e eu tomei uma decisão!

Assim q ele nascer vou me afastar o máximo possível desse mundo virtual. É óbvio q nunca vou conseguir me afastar totalmente, mas quero me dedicar mais ao q é real em minha vida, meu marido, meus filhos, até minha cachorra q anda largadinha por ai...

Esse mundo virtual é fantástico, te da varias possibilidades de conhecer gente nova, de discutir varios assuntos, mas é uma faca de dois gumes, se vc não toma cuidado acaba deixando q ele te domine e vc acaba vivendo pra ele e eu não quero isso não.

Hj ta friozinho, to postando um assunto nada a ver pra matar o tempo, tenho tantas coisas pra fazer mas to curtindo uma preguicinha merecida, já já vou arrebanhar marido e filha pra cama, e ficar la com eles no quentinho curtindo um chameguinho.

19 abril 2010

E depois do chá... a espera!

Pois é!

Ontem foi nosso chá de bebê, o último acontecimento antes do grande acontecimento rsrsrs


Eu confesso q não me dediquei tanto ao chá do Dimitri qto me dediquei ao da Sabrina, mas ficou tudo lindinho, com a simplicidade fofa q eu gosto. Ganhamos muitas fraldas (742 no total), coisinhas de higiene e outros presentinhos mas o q mais eu amei foi o carinho q recebemos de todos!!! Os amigos q foram, q dedicaram um dia a nós estão em meu coração, até mesmo os q não puderam ir mas ainda assim lembraram da gente, pessoas mais do q especiais, pessoas com quem realmente vale a pena compartilhar momentos como esse.

E agora??

Agora não tenho muito mais o q fazer além de esperar a chegada do meu garotinho. A cada dia q passa fico mais e mais apaixonada por ele e a ansiedade em ver seu rostinho vai aumentando!
É engraçado como a gente consegue amar os filhos mais a cada dia, percebo isso com a Sabrina. Td dia eu descubro que a amo um pouco mais do que no dia anterior, qualquer dia desses acho q vou explodir de tanto amor pelos meus filhotes!

Bom, tive consulta dia 12 e minha pressão permanece alta. A médica indicou o AAS e estou tomando mas sem muitos efeitos. Diante disso já pré agendamos o parto, entre 15 e 20/06, dependendo de como estivermos. Minhas consultas passaram a ser quinzenais, dia 28 tenho outra!

E Sabrina... ai ai ai ... ta a coisa mais linda e deliciosa e inteligente desse mundo! Pronto, falei!
Eu não gosto de falar as coisas q ela faz e fala pq muita gente pode não acreditar, mas ela nos surpreende todos os dias com suas artes, ela descobriu o q é uma "familia"... ai qualquer coisa pra ela q sejam 2 grandes e um pequeno é a "mamãe, papai e o folhoti". Entendeu o numero 2, qdo agente pergunta qtas mãos ou pés ou olhinhos ela tem ela responde "doxxx"... uma linda!



Preciso de mais alguma coisa nessa vida???
Só de muita saúde, pq Deus já me deu mais do q eu poderia desejar!!!

25 março 2010

Desventuras maternas!

Ser mãe tem sido, de fato, a maior aventura da minha vida!

É algo q eu amo ser, mas tbm é algo desgastante. Se dedicar a alguém é semrpe desgastante.

Sabrina está doente, ela não fica doente com facilidade e dessa vez eu confesso q fiquei apavorada pois ela nunca ficou tão mal... e eu me culpo pq não ouvi meu instinto berrando no domingo "não deixa essa menina ir nessa água fria!", mas eu deixei, fui burra, me contrariei e deixei a menina tomar banho de bacia com agua fria!

No domingo mesmo ela ja ficou mal e a noite fomos parar no PS, desde então eu não durmo, ando com termometro pendurado no pescoço e uma sacola de medicamentos a tiracolo. Ontem ela piorou, teve quase 40 graus de febre, corremos com ela pro PS e ainda tive q ouvir piadinhas do médico.

Aliás, médico q faz piadinha vendo o desespero de uma mãe pra mim deveria ser palhaço de circo. Ontem faltou muito pouco pra eu mandar o médico q nos atendeu pro quinto dos infernos. Primeiro o palhaço veio dizendo q não adianta levar criança no médico só por causa de uma febre, q a mãe deve esperar o quadro evoluir... super profissional ele não? Se a criança tem uma H1N1 da vida esperar o quadro evoluir quer dizer levar pra ele atestar o óbito!

Pelo menos ele pediu um raio x, q mostrou secreção no pulmão da minha pequena, e dá-lhe antibiotico! Mas já pude ver certa melhora, hj ela já nao estava tão mal como ficou ontem e tbm não teve febre, com fé em Deus ela vai ficar boazinha.

Já a mamae aqui anda pior q zumbi  bebado... e sei q a tendencia é piorar pois com cuidar sozinha de dois pequenos não será nada fácil... espero dar conta.

17 março 2010

E 6 meses se passaram...

Já recomposta do susto de engravidar sem planejar, estou aqui planejando a chegada do meu menininho!

E eu, q sou a rainha do detalhesinho, já pensei em quase tudo!!!

O chá de bb está marcado pro dia 18/04, os convitinhos eu já fiz e estão só esperando o dia pra serem entregues, já terminei as lembrancinhas, decidi o q vou fazer de comida, só preciso ver se minha tia me empresta umas cadeiras, pq ficar com 40 mulheres em pé não da rsrsrs.

As lembrancinhas da maternidade tbm já estão em produção e eu percebi q sou incapaz de pagar por algo q eu mesma possa fazer rsrsrs, mesmo se tivesse com dinheiro sobrando (o q não é o caso). Estou fazendo bloquinhos de anotações bem lindinhos, acho q todos vão gostar! O arranjo da porta eu tinha decidido, comecei a fazer, odiei e ai vi um na net q amei, vou fazer um parecido mas é surpresa!

O enxoval está caminhando. Eu gastei 400,00 em peças básicas e me arrependi profundamente, não comprei quase nada, td feio, sem vida, td liso... e o pior q eu nem teria mais grana pra comprar outras coisas, por sorte os anjos da minha vida não me abandonaram e vou ganhar mais um monte de roupinhas! Cobertores tenho bastante, comprei um jg de lençóis e uma toalha de banho, só ficou faltando o kit de berço.

Aliás, kits de berço são minha paixão e frustração! A Sabrina so teve o kit dos meus sonhos com 6 meses qp era td caro e eu não tinha $$ pra comprar, o Dimitri talvez tenha o mesmo destino rsrsr. Já ate escolhi o kit mas ainda to pensando como vou fazer pra comprar...

O basicão, carrinho, berço, bb conforto e coisas assim já tenho os q foram da Sabrina, queria uma poltrona de amamentar mas acho q não vai rolar.

Ganhei um sling da minha mamis!! Só preciso escolher, mas não amei nenhum ate agora.

As fraldas pedi no chá, será um chá de bumbum limpo na verdade pois pedi mais fralda, lencinho e pomada. Produtos de higiene a vovó ja disse q vai dar e eu não vou tirar esse prazer dela rsrsrs

E com td isso acertado, só me resta esperar o dia em q meu menininho lindo vai chegar!!

12 março 2010

As culpas de uma mãe de segunda viagem!

Qdo engravidei da Sabrina, após 3 longos anos de tentativas, fiquei deslumbrada!

Tds os domingos, qdo completava semana, eu tirava uma série de fotos da barriga, tudo q fazia ou comprava ou ela ganhava tinha um destaque especial nos meus álbuns do orkut! Com 4 meses ela já tinha enxoval completo, eu passava horas imaginando como ela seria, não podia pegar uma caneta q lá tava eu escrevendo em todo canto o nome dela, recebia boletins dizendo como estava o meu bb naquela semana, conversava com a barriga... tudo como toda mãe de 1º viagem faz!


Ai... veio meu baby boom!
Passado o susto, e os enjoos, comecei a perceber q tinha momentos em q eu nem me dava conta q tava gravida, ja estava com mais de 12 semanas e nem tinha fotos da barriga, sequer tinha cogitado comprar uma meia pra ele e até mesmo as pessoas da família, q encheram Sabrina de presentes, ainda não tinham se tocado q tinha mais alguém pra chegar!

E essa semana percebi q meu menininho nem nasceu e já é meio q deixado de lado, todas as atenções são pra Sabrina! E eu to me sentindo super hiper mega power culpada por causa disso! Eu me nego a dar mais atenção a um filho do q a outro, me nego q o meu caçula um dia me cobre pq a irmã tem um album repleto de fotos de todos so momentos da vida dela e ele só tenha uma ou outra foto jogada por ai.

To me sentindo em débito com meu pequeno, pode parecer por coisas fúteis, mas eu sei q sentiria muito se minha irma tivesse coisas q eu não tive só pq minha mãe não se importou. Vou tirar um zilhão de fotos e me matar pra dar pra ele td q a Sabrina teve! E tbm vou pedir para q todos sejam atenciosos ocm ele qdo nascer, sei q ele não vai entender nada, mas carinho a gente sente desde sempre!

Será q to neurotica demais?

08 março 2010

Pq a vida não é só felicidade...

Eu queria tanto estar muito feliz hj, queria estar radiante por ter mais um filho, queria não ter q prestar conta da minha vida pra ninguém.

Não q eu não esteja feliz em ter mais um filho, mas as "infelicidades" da minha vida acabam por deixar esse momento meio de lado e eu fico péssima por isso.

Nunca tive grandes sonhos, nunca quis ser milionária nem morar numa mansão, eu sempre quis ter o suficiente pra ter uma vida tranquila, uma casa, um trabalho, contas pagas, familia feliz e com saude, esse é pra mim o ideal de felicidade... mas parece q td q agente faz em busca dessa vida da errado, algumas coisas não causam tanto impacto, outras vem fodendo tudo q está pela frente. Parece q damos um passo pra frente e dois pra tras!

Se eu pudesse voltar no tempo estaria vivendo minha vidinha de um ano atras, cheia de perrengues, na pindaíba, mas com minha familia unida, sem cobranças de fora e em paz. Conta pra pagar é algo q sempre vamos ter na vida, mas nossa paz não tem preço.

Quero minha vidinha de volta!

04 março 2010

Quando a humanidade deixa de ser humana...

Assunto polemico!

Quantas vezes vc já não se deparou com uma mãe ou pai, indo em todas as comunidades do orkut, listas de e-mail, relatando todo o sofrimento da familia, as necessidades q passam pq o filho é portador de uma doença terrível e precisam de ajuda?

Nossa primeira reação, como pessoas de bom coração e pais carinhosos e empáticos é se sensibilizar e tentar ajudar de uma forma ou de outra, seja doando algo, seja com $, certo?

Isso seria uma bela atitude... seria se o ser humano não fosse tão podre e egoísta!

Em meus anos de internet já cansei de ver casos de mães q esperam sextuplos, pedem ajuda pra Deus e o mundo e de repente, por um motivo sem pé nem cabeça, inventam q perderam os bbs, ou simplesmente pegam as doações e somem no mundo! Isso e de uma falta de humanidade absurda!

Uns meses atrás lembro do caso de uma família q tinha 2 crianças com alergia alimentar severa, vi pessoas movendo mundo pra ajudar, montaram um apartamento pra familia ficar em SP, lugar onde as crianças receberiam melhor tratamento. POuco depois algumas começaram a perceber q a mãe dessas crianças era grosseira e ingrata e isso foi até q a familia pegou tudo q recebeu e se mandou daqui! Descobriu-se q as crianças não eram tão doentes, doentes eram os pais q usavam os filhos pra se aproveitar da boa vontade dos outros!

Ontem me deparei com outro caso, participo de um grupo no yahoo de mães e gravidinhas. Novamente, uns tempos atrás apareceu uma tal Camila Rolo q nem filhos tinha, nem tentante era, pedindo doações de roupas e calçados e artigos infantis pq ela queria muito montar um brechó pra ajudar mães carentes q moram na periferia. Na ocasião, nenhuma mãe se interessou em doar nada pois já recebiam roupas de amigas e parentes e não tinham o q doar.

Na mesma semana, essa mesma golpista volta na lista e anuncia q a cunhada estava grávida de quadrigemeos! PONTO! Qquer gestação de multiplos já me causa desconfiança. Disse q a mulher morava no interior, no meio da roça e q não tinha condições e novamente pediu doações. Os bons corações entraram em ação e, mesmo a mulher dizendo q não sabia o telefone nem endereço da cunhada, ela recebeu muita coisa... e em seguida desapareceu! Deu a desculpa q se separou do marido e perdeu o contato com a cunhada!

Isso pode ser chamado de ser humano? Alguém q brinca e abusa da boa vontade alheia, q toma pra si sem precisar, por puro egoísmo, pra ganhar dinheiro em cima do bom coração dos outros!

Pessoas assim q nos fazem perder a fé no ser humano!

Ai vem os acomodados, aqueles q vc realmente sabe q tem problemas mas q ao invés de correr atrás do estado, de tratamentos gratuitos preferem ficar esperando sempre pela boa vontade alheia! As pessoas ajudam, ajudam, e qdo não podem mais ajudar, o acomodado ainda se vê no direito de criticar, de dizer q as pessoas ajudam no começo mas depois se esquecem!

Poxa! Td bem q devemos sim ajudar o próximo desde q esse se ajude tbm!

POsso parecer meio radical nesse sentido, mas eu não ajudo absolutamente ninguém q sai pedindo pela internet! POxa, se a pessoa tem acesso a net significa q no mínimo um computador em casa a pessoa tem. Cansei de ver gente pedindo nos grupos q participo q qdo ia olhar o perfil a pessoa tinha até moedas verdes na fazendinha, aliás tinha a fazendinha maior e mais cheia de coisas q ja vi! POrra, se tem tempo pra brincar na net, então tem tempo pra ir procurar algum trabalho q se encaixe no seu ritmo de vida.

Geralmente essas pessoas aparecem qdo precisam, qdo a situação melhora sequer dão noticias!

Eu fico tão perplexa vendo isso, vendo pessoas q muitas vezes ajudam até sem poder... temos q tomar cuidado o tempo todo pois até nossa boa vntade pode ser roubada de uma hora pra outra!

01 março 2010

Qdo nos tornamos mães...

Td mundo sabe q ter um filho vira a vida da gente de cabeça pra baixo, certo?

A minha tbm mudou muito mas nesse final de semana tive uma experiência nova: O MEDO.

Levamos Sabrina em sua primeira ida a praia. Eu tava td empolgada pra ver a reação dela mas me surpreendi com a minha.

Nunca tive medo de mar, td bem q tbm nunca fui muito fã dele, mas qdo eu tava ali segurando as mãos da minha pequena e veio aquela ondinha e aquela sensação do mar nos puxando pra dentro eu senti um pavor tão grande!!! Fiquei apavorada com a possibilidade do mar levar a Sabrina e me deixar, ou de me levar e deixar ela, fiquei com medo dela me faltar e de faltar pra ela e ai percebi q junto com a maternidade nasceu em mim um imenso medo de morrer! Medo esse q eu nunca tive pois sempre encarei a morte como uma parte da vida, algo a que todos nós estamos fadados.

Depois disso fiquei meio neurótica, a viagem de volta foi terrível, choveu muito, e por mais q meu pai seja um exelente motorista e q Sabrina estivesse segura na cadeirinha, aquele medo não me abandonou até eu colocar os pés em casa.

Acho q nunca mais vou pra praia e nem vou viajar mais pra canto nenhum, sei q o q tiver q acontecer acontece, mas entrei numas de evitar toda e qualquer possibilidade de morrer por enquanto rsrsrsr

Espero q essa sensação ruim passe logo...

26 fevereiro 2010

O papel de cada um

Antigamente o lugar de uma mulher casada era em casa, cuidando dos filhos, lavando, passando e cozinhando... mas graças a Deus alguma delas se revoltou e queimou o sutiã!

A partir daí o lugar da mulher é onde lhe convém melhor, seja trabalhando, seja cuidando da casa, seja sustentando a familia... pois é, o homem perdeu seu posto de grande provedor.


Mas aqui em casa ainda temos um pé no passado rsrsrs. Claro q nem sempre foi assim, no começo do meu casamento eu trabalhava e sustentava a casa e foi assim até eu perder o emprego e passar a bola pro maridex.

Com o passar do tempo, a chegada da Sabrina e agora do Dimitri, fomos nos ajustando, vendo no q cada um de nós era bom, e chegamos à conclusão que meu marido cuida da casa melhor do que eu e eu administro as finanças melhor do que ele rsrsrs... uma pequena inversão de papéis que, após percebida, foi resolvida!

E hoje eu estou super feliz pq nossa situação financeira está melhorando, eu estou cuidando dela como quem cuida de um recem nascido prematuro, e sei q vamos ficar bem e não vamos passar os apertos que passamos com a chegada da Sabrina qdo o Dimi chegar.

É claro q eu percebo q maridex fica um pouco chateado, sei q ele se esforça pra fazer tudo certo, mas fico muito feliz por ele ser um homem centrado e capaz de passar a bola qdo não consegue cuidar de algo.

E pra comemorar, amanhã vamos para Ilha Bela!!!
Td bem q é só um final de semana, mas só de sair da cidade, de respirar outro ar, ver gente e afundar o pé na areia sei q será um ótimo final de semana!

Simbora preparar o frango com farofa q os Klerings tão indo pra praia!!!

25 fevereiro 2010

Passando adiante...

Eu tenho um multiply e já há algum tempo venho postando algumas coisas por lá, e hj num papo com umas amigas lembrei de um post beeem antigo, de 11/09/2008, Sabrina tinha completado 3 meses, mas q achei interessante ressucitar e postar aqui

"Hj me peguei "lambendo minha cria" e pensando no que era minha vida uns anos atrás e como será daqui pra frente.
É engraçado ver que apenas 5 ou 6 anos atrás minha única preocupação era garantir minha compra no pré lançamento do DVD do Harry Potter ou similar, meu $$ era só meu e eu gastava sem dó com qualquer coisa q me dava prazer, de uma fivelinha pra cabelo a um vestido medieval mega caro e que não teria a menor utilidade dali a um tempo.
Agora minha maior preocupação é que minha filha seja um ser humano bom, com princípios e educado... e essas coisas nenhuma escola ensina, é uma responsabilidade unica e exclusiva minha e do pai dela.
Meus pais sempre me mimaram, eu sempre tive de tudo mas tudo foi feito de uma forma saudável, eles me ensinaram a pescar, me mostraram o que é certo e errado e me colocaram num caminho bom.
 
Agora chega a minha vez de fazer isso e é uma imensa responsabilidade formar o caráter de uma pessoa, ainda mais num mundo de perdição como o que temos hj. A vontade é de criar a Sabrina numa redoma, pra que nenhuma podridão chegue até ela, mas isso não é saudável, eu não quero uma princesinha na sua torre, quero criar uma mulher decidida e que esteja disposta a agregar algo ao mundo.

Quero que minha filha aprenda desde já que no mundo, ninguém é melhor do que ninguém, que toda a capacidade e força pra enfrentar a vida está dentro dela e que, por mais q venham momentos difíceis, ela tem o poder sobre suas escolhas e que estas interferem sim na vida de outras pessoas portanto cabe a ela pensar bem antes de cada decisão.

Quero q minha filha respeite o mundo, as pessoas, os animais, a natureza... e que ela entenda q faz parte de algo muito maior e que precisa de todos estes elementos em sua vida, relacionando-se com toda harmonia.

Quero q minha filha leia muito e vou estimular isso assim como minha mãe fez comigo.

 

Quero q minha filha brinque muito, que imagine mundos fantásticos com tudo o que ela achar divertido, quero q ela pinte, dance, mexa na terra e role com a Pérola pela chão. Quero ouvir o som de suas gargalhadas qdo ela estiver andando sem jeito nenhum com minhas roupas pela casa, ou correndo pelada pra fugir do banho.

Quero q ela sempre saiba q nasceu mulher portanto, independente de ser baixa ou alta, loira ou morena, gorda ou magra, ela é um ser humano perfeito, lindo e abençoado e deve sempre, SEMPRE se orgulhar muito da pessoa que ela é, independente do que os outros digam.

Quero q ela se realize nas pequenas coisas, mas se desejar uma grande, que vá atrás até conseguir.

Como mãe, não quero vê-la sofrer mas sei que isto é impossivel então, quero ensiná-la a tirar algo de bom de toda experiência ruim que tiver, não quero q ela guarde mágoas, quero que ela aprenda a perdoar.


Quero q minha filha saiba q a família é a base dela, é o ninho dela, onde ela sempre vai encontrar amor, carinho e apoio.

Tenho uma árdua tarefa pela frente, tenho muito o que ensinar portanto, tbm tenho muito o que aprender. Ver minha filha feliz vai ser a resposta de que eu cumpri minha missão como mãe e nesse dia vou ser a mulher mais realizada do meu mundo!"

24 fevereiro 2010

There, and back again!

Há muito, muito temp atrás eu virei blogueira... e era boa nisso!

Mantive um blog por anos, falei sobre meus romances da faculdade, sobre meu casamento, sobre minhas tentativas de engravidar, minha gravidez e qdo ia começar a relatar minha vida como mãe... PUFT! O servidor simplesmente excluiu todos so blogs e eu perdi anos e anos de memórias e lembranças.

Literalmente fiquei de luto pois amava meu blog, toda minha vida "útil" estava relatada ali. Brochei com o universo blogueiro e, mesmo criando esse blog aqui pra continuar contando minhas peripécias, não tive animo de escrever.

Mas... coisas aconteceram!!
Eu engravidei novamente, muitas amigas se animaram a fazer blogs e eu me animei tbm e ressucitei esse cantinho aqui!

Espero q ele viva por muito tempo e q eu, mãe de 1 e meio, de conta de manter ele sempre vivo!

Sejam bem vindas ao meu mundo de aventuras!

up